18 dezembro 2013

Palavra nova

A primeira vez que ouvi aquela palavra foi num daqueles ditos que poupam o esforço de recriar… dura só um bocadito! Foi a minha mãe, sobre o meu tio. Parecia significar agitação, movimento frenético. Uma palavra nova. Queria apropriar-me dela, integrá-la. O meu tio prestava-se a comentários. Não se ralava. Um dia ofereceu-me o mote para a usar. O tio Zé está com uma tesão! Quase levei na boca, como se tivesse blasfemado seriamente. Tinha 7 anos.

Inês Cardoso, 32 anos, Toronto

Desafio nº 16Uma palavra que se adora ou detesta

Sem comentários:

Enviar um comentário