11 dezembro 2013

Contagem decrescente.

João rebola na cama de um lado para o outro. Não ouve o tic-tac, mas o relógio insiste em mostrar-lhe que devia estar a dormir. Está ansioso com a operação ao joelho. O futuro da sua carreira de
skater depende disso.
Amanhece, o enfermeiro leva-o para o bloco operatório. “Está pronto?”
“Nem por isso!”
Luzes, instrumentos, batas verdes…
O anestesista aproxima-se e acalma-o:
“Faça contagem decrescente comigo 10…”
“9, 8, 7, 6, 5, 4, 3 2 1….”

Carla Neves, 33 anos, Loulé.

Desafio nº 3 – números de 1 a 10

Sem comentários:

Enviar um comentário