16 dezembro 2013

Como se fosses tu

O meu coração tem segredos e histórias. Está fechado dentro do peito e ouve apenas o eco do seu bater, como se vivesse numa casa isolada, com cheiro a humidade. Às vezes ouço-o chamar por mim. Outras, grita em êxtase por alguém que queira saber dos seus mistérios, que o abra, como se fosse a chave mágica de um cacifo que precisa urgentemente de respirar e de sentir a luz. Como se fosses tu, quando me beijavas.

Sandra Évora, 40 anos, Sto. António dos Cavaleiros  

Desafio RS nº 8 – juntar cacifo, cheiro a humidade e êxtase

Sem comentários:

Enviar um comentário