11 dezembro 2013

A memória

cheiro a humidade era intenso. Há muito que ganhava coragem para entrar ali e hoje era o dia. Com a chave do cacifo bem apertada nas mãos trémulas, gastas pelo tempo, percorreu os labirínticos corredores. A memória já lhe falhava, mas ia jurar que naquela parede, no meio de tantos iguais, o seu cacifo era aquele. Aproximou-se em êxtase, o coração a bater mais forte… e parou. Que tinha ido ali fazer? Não se conseguiu lembrar…  

Joana Nogueira, 30 anos, Bombarral

Desafio RS nº 8 – juntar cacifo, cheiro a humidade e êxtase

Sem comentários:

Enviar um comentário