30 outubro 2013

Simplicidade

A sociedade tornou-se um mar imenso de egos, marinheiros de palavra fútil, que, norteados pela sede do poder e a troco de qualquer soldo, traçam retas alicerçadas em regras obtusas, feitas a pedido e por medida. Mas, neste árido clima, desprovido de atitude e altruísmo, sabe tão bem ouvir o Sr. António, na encruzilhada da minha rua, com a simplicidade de um “Bom dia, hoje já vai atrasada!”
Bem haja, Sr. António, é garantidamente uma honrosa excepção.

Paula Maria Inverno, 45 anos, Torres Novas

Desafio nº 54 – pares de palavras com sentido contrário

Sem comentários:

Enviar um comentário