24 outubro 2013

Prioridades

Carro e casa escolheu ele, quando casou trabalhou para dar à esposa o necessário e mais ainda, seguindo o conselho de seu pai "o homem traz o dinheiro, a mulher gere-o". E assim foi por 15 anos. Hoje apercebe-se de que deu demasiada importância ao que não tinha importância alguma. E em consequência, sua esposa cansou-se da falta de carinho, de passar noites sozinha. Pediu o divórcio e deixou-o com o que ele escolheu: casa e carro.

Carla Silva, 39 anos, Barbacena, Évora

Desafio nº 22 – frase simétrica

Sem comentários:

Enviar um comentário