31 outubro 2013

Porque...

Porque me encontraste na encruzilhada da vida quando tudo ruía à minha volta
Porque surgiste no meu caminho num gesto de ousadia e de susto
Porque rompeste o meu silêncio com a tua palavra
Porque cortaste as amarras que me prendiam ao deserto em que o meu coração perdurava
Porque me impuseste como regra acreditar que a vida é uma aventura de cor e sorrisos
E porque tens a força do mar, deixa-me navegar na tua onda!

Isabel Lopo,  67 anos  Lisboa

Desafio nº 54 – pares de palavras com sentido contrário

Sem comentários:

Enviar um comentário