29 outubro 2013

Partir ficando

Sentia-se um pateta. Stefan sempre pensou ser razoável. Mas agora sentia-se pesaroso! Sempre podia recolher-se nos seus sonhos, ou seriam pesadelos? Preparou-se para partir. Metade regressava, outra metade permaneceria.
Por momentos, a razão partiu e partia o seu sossego, regressavam à sua mente recordações. Relembrou os sonhos por realizar, as metas realizadas. Sabia... o quê? Sofrer? Morrer de saudades? Pertencia tudo ao passado. Agora mesmo sentia mágoa, medo, saudade. E, sem sorrir, partiu com vontade de permanecer.

Carla Silva, 39 anos, Barbacena, Elvas

Desafio nº 46 – substantivos, adjectivos e verbos começando sempre por P, M, S ou R

Sem comentários:

Enviar um comentário