15 outubro 2013

Droga...

Que bem cheira o bolo! Lá fora uiva um lobo. Abro a janela, Rui cava a terra sob o olhar da vaca leiteira. Adoro o campo, tantos aromas chegam até mim, principalmente a amoras. Tantas recordações, era ali debaixo do chorão que meu pai me lia histórias de encantar. Resolvo ir à missa mas vou vestir-me, não posso sair assim. Visto um vestido, olho-me ao espelho. Pareço um paio de roscas e penso: Droga, como estou gorda.

Carla Silva, 39 anos, Barbacena, Elvas

Desafio nº 19 – anagramas dentro da história

Sem comentários:

Enviar um comentário