21 outubro 2013

Claque invisível

Hoje acordei com uma vontade indomável de resolver pendentes. Aquelas situações adormecidas que acordadas provocam erupções cutâneas, seguidas de uma coceira irritante.
Pois bem, a bola está de meu lado, o não está garantido, o sim pode estar ou não… são as premissas!
Cumpre tentar, determinação, confiança, mas no momento do lançamento a hesitação… eis que surge a claque invisível das memórias passadas e num impulso decisivo, o destemido projétil segue o seu rumo…
Menos uma preocupação!

Paula Maria Inverno, 45 anos, Torres Novas

Desafio nº 53 – uma imagem, bola de basquetebol (literal ou metafórica)

Sem comentários:

Enviar um comentário