26 maio 2013

Uma gota de esperança


Uma gota de esperança 
Era uma vez uma aldeia onde nunca chovia. Das torneiras já não saía água.
Um rapaz já muito preocupado disse:
– Mãe, nós estamos a ficar sem água!
– É verdade filho… e as fontes e os poços também já secaram.
De repente começou a chover muito, durante cinco dias sem parar.
– Mãe, está a chover muito, já temos água!
– Estou muito feliz, meu filho, sem água ninguém consegue sobreviver. Temos de a saber poupar!

Florival, EB Veiros, 4º ano, professora Carmo Silva

Sem comentários:

Enviar um comentário