20 maio 2013

Plin, plin


Plin, plin.
Perco-me na imensidão!
Voo, voo longe! Nem mais quero voltar não!
Sentada diante desse mar tão calmo, questiono-me o motivo de tantas ondas dentro de mim.
Aqui à frente, tudo paz!
Dentro de mim, a agitação!
Olho pra o azul, busco-o, coloco-o, gota a gota dentro de mim e ouço até o seu barulhinho ao cair...
Plin, plin...
Refeita, saio...
Sinto-me leve.
Volto ao meu lugar!
O som há de ficar: plin, plin!

Chica, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

Publicado aqui:

4 comentários:

  1. Obrigadão,Margarida! Linda semana po aqui! No dia 30 ,não estranha, estarei ausente, (filho da Inglaterra chegando, bom motivo,né?)mas início de junho venho te ver e se der, participo! beijos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum, que bom, filho que chega!!!
      Sem problema, venha quando puder e quiser. É sempre um prazer recebê-la aqui neste sonho de 77 palavras.
      Um grande beijinho

      Eliminar
  2. Que linda participação da nossa amiga Chica, fiquei a ouvir o plin, plin.

    Beijos para as duas, Margarida e Chica.

    ResponderEliminar