27 maio 2013

Parabéns

Era uma vez um destemido grão de amor que correu, empurrou, batalhou o primeiro lugar.
Aconchegou-se docemente na caixa dos desejos do meu coração e sonhou ser alguém.
Já nos meus braços proporcionou-me um dos momentos mais luminosos de toda a minha vida. Cresceu e é serena, sensata, doce, decidida, apaixonada, é a minha filha.
Faz anos que o meu grão de amor lutou pelo milagre da vida.
Obrigada, Princesa por tantos dias de amor.
PARABÉNS, AMO-TE.


Madalena Gomes, 59 anos, Barreiro

Sem comentários:

Enviar um comentário