05 fevereiro 2013

Véspera de fecho



Já calculava que o dia ia correr mal, nem sei porquê.
Talvez porque pisei o Horácio mal me levantei.
Ou porque o esquentador falhou...
Mas ficou pior quando o director me chamou.
– Alfredo!!! A publicidade encolheu – disse. – Vamos ter mais 33 páginas de editorial.
– Diga? 33?!? 33 páginas, assim de repente?!
– Sim, Alfredo, e cuidado com os custos!
Engoli em seco e apeteceu-me embebedar-me.
Em vez disso trabalhei 33 horas seguidas.
E o Horácio aliviou-se na carpete.

Rita Bertrand, 40 anos, Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário