19 fevereiro 2013

Desafio nº 35

Gostava de vos pedir hoje que partissem de versos…

Vamos fazer assim:
Procurem dois versos (atenção, é só 1 verso, não um poema!) de dois autores diferentes, dois autores de que gostem especialmente.
Eles serão o início e o fim do vosso texto, que pode ser em poesia ou em prosa.

Como devem calcular, depois vamos querer saber quem eram os autores dos versos originais, não se esqueçam de incluir essa informação (vejam o exemplo).

Deixo-vos aqui o meu:
A palavra não pode traduzir o que sente quem se abandona ao abandono que lhe pertence por desamparo ou convicção, ou mesmo apenas por apego, um apego que habita dentro de si e ao qual se habituou, deixando na névoa a dor, a saudade, as razões, agora sem nexo ou justificação, e deixando também uma esperança perdida numa esquina esquecida da vida, nesse lugar onde um dia, sem olhar para trás, desistiu, retirando-se enfim para o deserto.
Margarida Fonseca Santos, Lisboa
Desafio nº 35 – partindo de dois versos de autor
Ana Luísa Amaral, Inversos (Março 2010) – A palavra não pode traduzir
+
Maria Teresa Maia Gonzalez, Retratos Imperfeitos (Novembro 2001) – Retirando-se enfim para o deserto

8 comentários:

  1. Muito legal!Adorei e já mandei! beijos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Vou já ver e publicar.
      Beijinhos, minha campeã de desafios!

      Eliminar
  2. Uau! Belissimo, Margarida! :)

    ResponderEliminar
  3. Tenho andado com tanto trabalho que nem me apercebi que havia novo desafio e tão interessante. Vamos ver o que sai. Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há desafios que movimentam muitos escribas de 77 palavras, este parece estar a ser um deles!
      Um beijinho, cá espero a sua história

      Eliminar
  4. Botando a cabeça para funcionar...Um abraço, Margarida!

    ResponderEliminar