04 setembro 2012

Golo/logo


A solteira 
a mulher queria desposar deus.
deus não dorme, disse, não escarra nem dá puns.
nem te espeta e marca golo, respondeu-lhe o homem.
ela encolheu os ombros e voltou a ligar.
linha interrompida, lamentou-se.
que nervos, logo agora que já não usava maquilhagem, por ter ouvido dizer que deus preferia caras limpas...
deixa-te de megalomanias, vociferou o homem.
e agarrou-a pela cintura.
ela sentiu os joelhos tremer, revirou os olhos, poisou o telefone e trancou a porta.

Rita Bertrand, 40 anos, Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário